Pôr a mão na massa

Publicado: 25 maio 2018

PERFIL AM: Tiago Eleutério

As valências do curso tornaram-no numa pessoa polivalente. Hoje, Tiago Eleutério produz conteúdos para redes sociais, na Social Animals.

Tiago Eleutério confessa que, ainda hoje, se lhe perguntarem o que é, não sabe bem o que responder. Sabe que é licenciado em Audiovisual e Multimédia (AM) e que a sua passagem pela ESCS fez com que se tornasse numa “pessoa polivalente”. O escsiano trabalha, desde 2015, na Social Animals, como criativo.

Tiago Eleutério é licenciado em Audiovisual e Multimédia.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Um desejo antigo

Tiago descobriu a ESCS quando estava no 9.º ano. No Ensino Secundário, estudou Artes Visuais, a fim de ter as provas de ingresso necessárias para o curso de Audiovisual e Multimédia, mas, aquando da candidatura, acabou por colocar Arquitetura em primeira opção, “porque gostava muito de Geometria Descritiva”. Foi “ao engano” e, dois meses depois, desistiu, para, no ano seguinte, entrar na ESCS.

Desde o 9.º ano, o escsiano sabia que queria estudar Audiovisual e Multimédia.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

O escsiano explica que, desde cedo, se interessa por fotografia e vídeo. “O meu pai trabalhava na Fotosport e eu, desde pequenino, tenho montes de rolos de fotografias tiradas por mim aos peluches”, conta, divertido. Já no 9.º ano, “amava fazer vídeos”, por isso, quando teve conhecimento do curso de AM, achou que era o que mais se adequava aos seus interesses. Na ESCS, integrou e foi presidente do nAV, período no qual o “bichinho do vídeo” cresceu.

Construir uma equipa

Tiago foi presidente do nAV.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Tiago assumiu a direção do nAV, no final do 2.º ano da licenciatura. “Fomos construindo uma equipa e, no 3.º ano, já dominávamos os eventos e o pessoal passava conhecimento aos outros. Acabámos por gerar ali uma dinâmica interessante”, recorda. O escsiano defende que o grupo dava o seu melhor para aprender e fazer um bom trabalho. Por outro lado, a participação nesta atividade foi, também, benéfica para o seu desempenho nas aulas. “Tivemos uma disciplina, que era Laboratório de Infraestruturas, na qual tínhamos de montar uma régie. E eu já percebia quase a dinâmica toda, porque nós montávamos sempre as régies [nos eventos]”, conta.

 

No 3.º ano, o escsiano integrou a equipa do E2, para aprofundar a vertente de realização.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Para além do núcleo de Audiovisual da Escola, o ex-aluno fez, também, parte do E2, no último ano, com o objetivo de aprofundar a vertente de realização. No programa de televisão da ESCS, aprendeu a “resolver no momento”. “Tinha de criar uma história com as câmaras e tentar tornar a conversa interessante e dinâmica para quem está a ver em casa”, explica. Por vezes, ajudava, também, na edição de vídeo.

O ex-aluno defende que, apesar de a licenciatura ser “bastante importante para [adquirir] ferramentas e maneira de pensar”, a vertente prática das atividades extracurriculares permite aos estudantes tornarem-se “verdadeiros alunos de AM”, pois, “no fundo, são a mão na massa da Comunicação”.


No final do curso, os colegas de Tiago, do nAV, fizeram um vídeo sobre a sua passagem pelo núcleo extracurricular.

Percurso profissional

Ainda no decorrer do curso, Tiago desenvolveu conteúdos de vídeo para a ION Card Game. Quando terminou a licenciatura, fez um estágio de motion graphic na SIC, de forma a aprofundar conhecimentos. Depois, apostou numa formação na World Academy (WA), para tirar uma especialização na mesma área. O escsiano lembra que, na altura, não tinha como suportar os custos do curso, pelo que concorreu a uma bolsa-estágio e a um concurso, no qual tinha de produzir um vídeo para o Facebook, acabando por ganhar ambos.

O escsiano considera ser uma pessoa polivalente.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Enquanto se candidatava à WA, Tiago foi enviando currículos para empresas. Ao mesmo tempo que ingressou na World Academy, foi chamado para um estágio nos canais TV Cine. “Ia trabalhar de manhã para a TV Cine, tirava o curso e, depois, ia para estúdio com o David Carreira”. Enquanto estagiário da WA, uma das funções do escsiano era produzir conteúdos para os parceiros da escola, dos quais o cantor fazia parte.

Após os seis meses de estágio na TV Cine, Tiago foi convidado a integrar a equipa, ao mesmo tempo que surgiram mais três propostas de trabalho. Uma delas era um contrato com a Social Animals, onde o escsiano acabou por ficar.

De freelancer a sócio da Social Animals

Tiago é, atualmente, sócio da Social Animals.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Tiago conheceu o seu atual chefe, enquanto produzia vídeos para o David Carreira, na World Academy. A Social Animals, agência de produção de conteúdos para Facebook e Instagram, era a responsável pelas redes sociais do cantor.  “[Os Sócios] ainda estavam a avaliar a viabilidade da empresa, por isso, ainda não havia um espaço físico nem trabalhadores a tempo inteiro. Então, eu trabalhava como freelancer“, explica. Quando a empresa “ganhou um espaço fisico” foi contratado e, um ano depois, surgiu o convite para se tornar sócio.

Diariamente, o jovem produz um pouco de tudo, a nível de conteúdo visual. “Basicamente, o meu dia a dia é Illustrator, Photoshop, After Effects e Premiere”, conta. Como sócio, a sua função passa, também, por angariar novos colaboradores. “Tentamos procurar gente que seja polivalente, porque [em redes sociais] tens de ir diversificando formatos”, esclarece.

Devido às valências do curso de AM, Tiago enaltece a mais-valia de ter escsianos na equipa. Em 2017, a empresa desenvolveu a campanha #OndeEstáoÓscar, para a qual contribuíram, também, os ex-alunos João Ruivo e Mariana Lamas. Atualmente, Tiago e Susana Raposo (ex-aluna de AM e antiga produtora do E2), são os escsianos que integram a equipa, de 10 pessoas.

João Ruivo, Mariana Lamas e Tiago Eleutério integraram a equipa da campanha #OndeEstáoÓscar.
Fotografia gentilmente cedida pelos escsianos.

Tiago considera que o seu “caminho é [trabalhar em] agência, porque consigo fazer um bocado de tudo”, o que não acontece em televisão, que está estruturalmente dividida por áreas. “[Na Social Animals], tens os criativos, há colegas que resolvem mais uma área e outros outra, mas, se quisermos dar inputs, estamos ali todos”, refere.

Basquetebol e Teatro

Não é só o audiovisual que preenche os interesses de Tiago. O escsiano jogou basquetebol durante sete anos e foi, inclusivamente, juiz da modalidade, de forma a ganhar algum dinheiro para os seus gastos, enquanto ainda estudava.

O teatro e o basquetebol são as outras paixões do escsiano.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Outra das suas grandes paixões é a representação. O ex-aluno explica que fez teatro até ao 12.º ano de escolaridade. “Quando entrei na ESCS, devido ao nAV, acabei por abandonar. Depois, voltei e, de vez em quando, vou fazendo peças”, conta.

Influências escsianas

Tiago defende que, ao contrário de outras escolas, com um ensino mais teórico ou vocacionado somente para uma área, a ESCS oferece todas as bases para que os estudantes possam, futuramente, desenvolver a vertente que mais os cativa. O escsiano diz que gosta “tanto do curso” que o resultado dos testes psicotécnicos da sua irmã, que está a terminar o Ensino Secundário, foi Audiovisual e Multimédia. “Acho que é o melhor curso que existe e recomendo-o a toda a gente que queira seguir estas áreas”, afirma.

Tiago a fazer captação de imagem, durante um evento, na Escola, em 2013.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Por fim, desafiámos Tiago Eleutério a responder a uma espécie de Questionário de Proust:

Um objeto essencial para o teu dia-a-dia.
O telemóvel e o carro.

Uma música ou uma banda.
Ganhar o dia, dos Diabo na Cruz. E quase todas as músicas da banda.

Um filme ou um realizador.
Whiplash, de Damien Chazelle.

Um livro ou um escritor.
A fábrica de fazer espanhóis, de Valter Hugo Mãe.

Uma série.
Stranger Things.

Digital ou analógico.
Digital.

Fotografia ou vídeo.
Vídeo.

Um conteúdo que tenhas desenvolvido.
All Eyez on Me, para o Rui Unas.

Quando for grande, quero ser…
Quero fazer cenas fixes, dentro da área.