Escsianos fizeram cobertura da conferência Radiodays

Publicado: 13 outubro 2021

Um grupo de estudantes e recém-licenciados em Jornalismo foi responsável pela cobertura da conferência Radiodays Europe.

O Centro de Congressos de Lisboa acolheu, entre 9 e 11 de outubro, a conferência Radiodays Europe, uma iniciativa internacional — em Portugal, promovida pela RTP —, que surgiu, em 2010, com o objetivo de responder às necessidades da indústria europeia da Rádio e do Áudio. Atualmente, é a mais importante conferência para profissionais da área, reunindo, anualmente, centenas de participantes de 62 países, para discutir os desafios dos novos média, a nível público e privado.

Para a edição deste ano da conferência, o Prof. Francisco Sena Santos, docente da ESCS e Jornalista, foi desafiado por Jorge Alexandre Lopes, Diretor Adjunto de Programas para as Novas Plataformas de Distribuição da RTP, a organizar a cobertura das sessões do evento. Para tal, o professor convidou um grupo de dez estudantes da licenciatura em Jornalismo. “Na prática, tratava-se de criar o jornal multimédia de todo o evento”, explica.
Os estudantes Andreia Simão, Artyom Laptev, Beatriz Figueira, Beatriz Valente, Francisco Sezinando e Gonçalo Martins, e os recém-diplomados Ana Rita Silva, Gonçalo Borbinha, Mariana Serrano e Michelle Coelho acederam ao desafio, produzindo um total de dez episódios do podcast “Souvenirs Lisboetas” (cinco em português e cinco em inglês), mais de 40 artigos sobre a sessão de abertura, cada uma das conferências e masterclass, e, ainda, 31 artigos sobre Lisboa, que foram publicados antes do evento, a partir do mês de setembro.

Fila de trás (da esq. para a dir.): Gonçalo Borbinha, Rita Silva, Francisco Sezinando, Artyom Laptev, Gonçalo Martins, Beatriz Valente e Michelle Coelho.
Fila da frente (da esq. para a dir.): Beatriz Figueira, Mariana Serrano e Andreia Simão.
Fotografia gentilmente cedida pelos escsianos

No rescaldo da iniciativa, Sena Santos elogia, com orgulho, o desempenho da equipa da Escola. “Todos evidenciaram excelente preparação técnica jornalística, com competência para os diferentes meios e, para além disso, atitude notável, com dedicação incansável às tarefas, eficiência, pontualidade e qualidade”, afirma. “Mostraram, num acontecimento internacional com a tensão de acontecimentos em contínuo, a qualidade das competências adquiridas na ESCS”, completa.

“Como comentou um jornalista com muitos anos de ofício: É estimulante ver como os jornalistas do futuro imediato correm pelos corredores para não perderem nada dos acontecimentos”, partilhou o Prof. Francisco Sena Santos, sobre o empenho da equipa escsiana.
Fotografia: Fábio Pires (organização Radiodays Europe)

Em representação dos colegas, o estudante Gonçalo Martins refere que “foram dias desafiantes e enriquecedores”, na medida em que o trabalho foi desenvolvido numa língua que não fala diariamente (o inglês) e num curto espaço de tempo. Para além disso, teve a oportunidade “rara” de ouvir “pessoas inspiradoras a falar de vários temas interessantes da rádio e dos media”.
Por sua vez, já com um pé no mercado de trabalho, Mariana Serrano explica que “participar no Radiodays Europe foi a chance de conjugar o ‘pôr em prática’ a correria da redação com o bichinho da rádio”. A antiga estudante destaca a honra de ter conhecido “grandes vozes da rádio” e aprendido mais sobre as alterações que o futuro pode ou deve trazer a esta área. “Como cereja no topo do bolo, estivemos sempre em contacto direto com a organização e com a RTP, com a grande orientação do Prof. Francisco Sena Santos — que soube confiar no nosso trabalho e ensinar-nos tanto”, afirma.