O papel do silêncio como estratégia de comunicação

Publicado: 06 junho 2022

A unidade curricular de Campanhas de Comunicação Pública, do Mestrado em Gestão Estratégica das Relações Públicas, promoveu a masterclass “Strategic silence: Most of what communicators do but not talk about”.

A sala 2P9 acolheu, no passado dia 11 de maio, uma masterclass intitulada “Strategic silence: Most of what communicators do but not talk about”. A sessão foi promovida pelo Mestrado em Gestão Estratégica das Relações Públicas e pela Secção de Relações Públicas e Comunicação Organizacional, no âmbito da unidade curricular de Campanhas de Comunicação Pública.

Na aula aberta, o Prof. Roumen Dimitrov, docente na Pompeu Fabra University, na Ramon Llull University e na European Business School, abordou a questão do silêncio como um aspeto fundamental para os teóricos da comunicação humana e para os filósofos da linguagem. Partindo não só de interrogações encontradas nas obras maiores de Wittgenstein ou Habermas, bem como de outros autores, o docente debruçou-se, essencialmente, sobre as temáticas que levam determinadas organizações a se remeterem ao silêncio, em certos momentos. O silêncio é percecionado, neste contexto, como um elemento estratégico, quando o ruído que rodeia uma organização se torna excessivo, e não como algo que ficou por dizer. Desafiado por muitos dos estudantes, o orador acabou mesmo por refletir sobre outros assuntos, que têm sido considerados temas de agenda, nomeadamente, o papel de saber o que dizer e o que calar, em momentos de crise, ou como o silêncio pode, ainda, ser um antídoto contra a desinformação.

Por fim, Roumen Dimitrov apresentou a sua mais recente obra, “Strategic Silence: Public Relations and Indirect Communication”, publicada, em 2018, pela Routledge, na coleção New Directions in Public Relations and Communication Research, na qual apresenta o tema do silêncio como uma forma extrema, mas também dominante, na comunicação estratégica.


TEXTO: Gentilmente cedido pela Secção de RPCO e editado pelo Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS).
FOTOGRAFIA: Gentilmente cedida pela Secção de RPCO