Escsianas vencem Poliempreende

Publicado: 21 setembro 2018

Carolina Galvão e Inês Silva foram as grandes vencedoras da 15.ª edição do concurso Poliempreende, com o projeto The Paper Toy Factory.

Após terem vencido na fase regional, Carolina Galvão e Inês Silva, recém-licenciadas em Publicidade e Marketing (PM), foram galardoadas com o 1.º lugar, na fase nacional do concurso de ideias de negócio Poliempreende.

As escsianas Carolina Galvão e Inês Silva venceram a 15.ª edição do Poliempreende.
Fotografia: Politécnico de Lisboa

A ideia

Carolina e Inês referem que a ideia para o The Paper Toy Factory foi desenvolvida nos tempos livres das aulas do 3.º ano do curso de PM e na unidade curricular de Empreendedorismo e Inovação, com a ajuda do Prof. Paulo Tinta, que “tanto [as] apoiou durante este processo”. O docente explica que, nas aulas, os estudantes são “sensibilizados para o concurso Poliempreende e incentivados a participar. Depois de uma pré-seleção, [feita] pelo júri, os projetos são acompanhados, com a elaboração da apresentação”. Após os resultados, Paulo Tinta defende que “a ESCS está de parabéns, foi uma grande vitória”.

Durante o desenvolvimento da ideia, Carolina e Inês tiveram a ajuda do Prof. Paulo Tinta.
Fotografia: Politécnico de Lisboa

O projeto The Paper Toy Factory consiste na criação de brinquedos fabricados em cartão, com “algumas ilustrações que permitem que as crianças os decorem e pintem à sua vontade, de forma a criarem os seus próprios e únicos universos”, explicam.

Na primeira fase do concurso, a regional, as escsianas tiveram a preocupação de levar “miniaturas dos primeiros produtos”, para que o júri “percebesse imediatamente a ideia de negócio”. Quando foram selecionadas para a etapa final do concurso, a nacional, aproveitaram os conselhos dos jurados para “enriquecer a apresentação” e criaram um protótipo de um foguetão, em tamanho real. Carolina e Inês confessam que, apesar de sentirem que tinham dado o seu melhor na apresentação, estavam “longe de pensar que [ficariam] em primeiro lugar”.

Na fase final, as antigas estudantes apresentaram um protótipo de um foguetão em tamanho real.
Fotografia: Poliempreende

As recém-licenciadas consideram que a participação no Poliempreende “foi, sem dúvida, uma das melhores e mais enriquecedoras experiências” da licenciatura na ESCS e que a vitória foi “uma honra que [as] enche de motivação para [continuarem] a avançar com o projeto que [abraçam] com tanto carinho”.

ESCS bem representada

A equipa de Pedro Almeida conquistou o 2.º lugar.
Fotografia: Politécnico de Lisboa

Este ano, 11 equipas da Escola concorreram na fase regional, num total de 12 projetos provenientes das oito unidades orgânicas do Politécnico de Lisboa (IPL). O pódio foi composto apenas por escsianos do curso de PM. Carolina Galvão e Inês Silva arrecadaram o primeiro prémio. Carolina Jorge, Pedro Almeida e Raquel Santos ficaram em segundo lugar, com Piso a Piso, um projeto de criação de uma plataforma elevatória para transporte de pequenas cargas de mercadoria, em prédios sem elevador, e Igor Pereira e Marta Silva em terceiro, com a gelataria online e-Gelato.

Igor Pereira e Marta Silva, o 3.º lugar do pódio da fase regional.
Fotografia: Politécnico de Lisboa

O Prof. Manuel Batista, responsável pelo Poliempreende na ESCS, refere ser um “orgulho fazer parte deste projeto e ver reconhecido o trabalho, a dedicação, a persistência, a visão, a objetividade e a simplicidade, sobretudo das alunas que venceram este desafio”. O docente destaca, também, o trabalho de todos os que estiveram envolvidos no concurso. “Reafirma-se o potencial empreendedor do IPL e, em particular, da ESCS”, conclui.

Em comunicado, o Prof. Doutor José Cavaleiro Rodrigues, Pró-Presidente para a Investigação, Desenvolvimento, Inovação e Empreendedorismo do IPL, defende que as “representantes Carolina Galvão e Inês Silva, da Escola Superior de Comunicação Social, defenderam brilhantemente as cores do Politécnico de Lisboa”.

Carolina Galvão e Inês Silva representaram o Politécnico de Lisboa, em Portalegre.
Fotografia: Poliempreende

Poliempreende 2018

A fase nacional do Poliempreende decorreu nos dias 13 e 14 de setembro, no Politécnico de Portalegre. Dezoito equipas representaram 22 instituições, das quais faziam parte institutos politécnicos, escolas superiores não integradas, escolas politécnicas de universidades portuguesas e, pela primeira vez este ano, duas universidades espanholas e o Politécnico de Macau.

A cerimónia de entrega de prémios, em que será atribuído o valor monetário de 10.000€ a Carolina Galvão e Inês Silva pelo projeto The Paper Toy Factory, terá lugar no dia 7 de novembro, na Feira de Emprego e Empreendedorismo ENOVE+, em Elvas.