Conhecer o mundo da Comunicação

Publicado: 27 julho 2018

Na segunda edição da Academia Politécnico LX, 50 estudantes do Ensino Secundário tiveram a oportunidade de conhecer os estúdios de televisão da ESCS.

A segunda edição da Academia Politécnico LX, uma iniciativa do Politécnico de Lisboa (IPL) e da Fórum Estudante, decorreu na semana de 16 a 20 de julho. Cinquenta estudantes, provenientes de todo o país, viajaram até Lisboa com o objetivo de conhecer a oferta formativa do IPL e, também, conhecer cidade. Para tal, foram organizadas atividades, dentro e fora das unidades orgânicas, de forma a que os jovens pudessem não só aprender, na prática, as vertentes formativas, como, também, explorar a capital. Após esta iniciativa, os participantes poderão partilhar as suas experiências com os colegas, funcionando como embaixadores do IPL.

Cinquenta estudantes de todo o país participaram na 2.ª edição da Academia Politécnico LX.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Receção na ESCS

Antes de passarem pela Escola, os jovens visitaram o Grupo Renascença Multimédia, onde tiveram a oportunidade de percorrer espaços como a redação e os estúdios de rádio e de assistir à emissão do programa Snooze, da Mega Hits. Na manhã do dia 18, passaram pela ESCS, onde foram recebidos no Auditório Vítor Macieira pela Direção e pelo Serviço de Comunicação (Gabcom), antes de experimentarem as diversas áreas que compõem os estúdios de televisão da Escola.

No Grupo Renascença Multimédia, os participantes assistiram à emissão do programa Snooze, da Mega Hits.
Fotografia: Revista Fórum Estudante

No Auditório, o Prof. Doutor André Sendin, Presidente da Escola, explicou o facto de a instituição ser a única, no país, construída de raiz a pensar na Comunicação e falou sobre a importância das atividades extracurriculares, compostas por “alunos que se organizam e trabalham diariamente para complementar, em termos de competências, o que é feito nos cursos”.

Em jeito de curiosidade, Marcos Melo, coordenador do Gabcom, questionou, ainda, o grupo sobre quem pondera seguir os estudos na área de Comunicação, sendo que um número considerável de participantes levantou o braço.

O Presidente da Escola, Prof. Doutor André Sendin, deu as boas-vindas ao grupo.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Está a gravar!

Nos dois estúdios de televisão da Escola (analógico e virtual), os estudantes puderam experimentar várias atividades, como leitura de teleponto, entrevista, operação de câmara, realização e cenografia virtual.

Como peixe dentro de água, estava Rúben Matos, um dos participantes que, antes de se inscrever na Academia, esteve a cobrir o segundo fim-de-semana de Rock in Rio como jovem repórter para o ambiente. O aluno lisboeta ainda está a frequentar o 11.º ano, mas já tem a Escola debaixo de olho, por isso, achou que fazia “todo o sentido” participar nesta iniciativa. “Acho que a ESCS é aquela que se adequa mais àquilo que eu quero, porque, para além da parte teórica, tem, também, a parte prática muito vincada e eu acho que isso é importante”. Rúben destaca, ainda, as instalações da Escola e o facto de os cursos serem lecionados por “professores que estão em atividade como jornalistas”.

Rúben (à esquerda) já sabe que quer prosseguir os seus estudos na ESCS. Já Eduardo (à direita) pretende Comunicação no Porto, de onde é natural.
Fotografias: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Eduardo Barros veio do Porto para ter contacto com a vertente prática da ESCS. “Como eu gosto de Comunicação e soube que havia esta escola, com ambientes de televisão e rádio, decidi participar. E estou a gostar muito”, conta.

Quem já conhecia as instalações da ESCS e regressou foi Bruna Melo, natural de Lisboa. A jovem tinha feito uma visita guiada à Escola, acompanhada por duas colegas, e decidiu inscrever-se nesta iniciativa para conhecer a oferta formativa das outras escolas do IPL e tirar as suas dúvidas. A estudante considerou a experiência “bastante interessante, porque dá uma perspetiva do mundo da televisão de que as pessoas não têm bem noção”.

Bruna, Mónica (à esquerda) e Rita (à direita) também têm interesse pela área da Comunicação.
Fotografias: Revista Fórum Estudante e Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Mónica Oliveira e Rita Madeira chegaram de pontos distintos do país (Santa Maria da Feira e Évora, respetivamente), mas têm em comum o interesse pelas áreas da Escola, apesar de ainda estarem indecisas sobre que opção seguir. Na Academia, aproveitaram para experimentar outras áreas, de forma a tomarem uma decisão mais consciente. Da passagem pela ESCS, Mónica refere o facto de ter ficado a conhecer as diferentes vertentes da Comunicação. Por seu lado, Rita destaca a “enorme dimensão prática que, se calhar, não se encontra tão facilmente noutras escolas”.

Os estudantes aprenderam, na prática, como funciona um estúdio de televisão.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Ainda que nem todos os participantes estivessem interessados em prosseguir estudos na área da Comunicação, a boa disposição e o entusiasmo demonstrados ao longo das atividades foi evidente.

Confira, abaixo, os melhores momentos da Academia Politécnico LX.