Um mandato focado na excelência

Publicado: 11 janeiro 2019

O aluno Luís Braya é o novo presidente da Associação de Estudantes da ESCS.

Ontem, dia 10 de janeiro, o Auditório Vítor Macieira acolheu a cerimónia de tomada de posse dos órgãos sociais da Associação de Estudantes (AE) da ESCS, para o ano letivo 2018-2019. O mandato, que agora se inicia, é presidido por Luís Braya, estudante do 3.º ano do curso de licenciatura em Audiovisual e Multimédia.

Luís Braya é o novo presidente da Associação de Estudantes da ESCS.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)
Ruben Sousa presidiu a AE, durante o ano letivo 2017-2018.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Antes de passar o testemunho ao colega, Ruben Sousa enfatizou a “forte emoção” sentida na hora da despedida. “Não pelo fim do ciclo, mas pelo ciclo em si”, justificou o presidente cessante, enunciando um rol de agradecimentos e de conquistas alcançadas ao longo do último ano. Já na qualidade de novo presidente da mesa da Assembleia Geral, lugar até agora ocupado pelo aluno Duarte Pagou, Ruben empossou Luís Braya como presidente da AE.

À frente da Associação de Estudantes da ESCS, Luís Braya é coadjuvado pelos vice-presidentes Lourenço Meirelles e Patrícia Chambre.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

No discurso de tomada de posse, o novo dirigente comprometeu-se a “cumprir o mandato com sentido de responsabilidade e espírito de missão”. Luís aproveitou, ainda, a ocasião para se dirigir Ruben Sousa, enaltecendo o seu legado. “Foste uma inspiração para todos nós”, afirmou. Como mote para o novo ciclo, Luís Braya sublinhou que “a excelência tem de estar na ordem do dia”.

A cerimónia contou, ainda, com a presença de representantes da ESCS e do Politécnico de Lisboa (IPL). A Prof.ª Doutora Sandra Miranda, Vice-Presidente da Escola, apelou a que a nova AE seja “empenhada com a causa da Escola e dos alunos”. Por sua vez, o Prof. Doutor António Belo, Vice-Presidente do IPL, agradeceu a dedicação dos membros da AE, admitindo que “é difícil conciliar a vida de estudante com a de dirigente”. Por fim, ambos não quiseram deixar de agradecer à direção cessante, na pessoa de Ruben Sousa, pelo “ótimo” trabalho levado a cabo.

Sandra Miranda (Vice-Presidente da ESCS) e António Belo (Vice-Presidente do IPL).
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)