Segurança para arriscar

Publicado: 20 maio 2020

Os mestres da ESCS falam sobre a sua experiência académica e as mais-valias dos cursos. Neste artigo, conheça o testemunho de Joana Antoninho, mestre em Publicidade e Marketing.


As vagas para o mestrado em Publicidade e Marketing foram preenchidas na 1.ª fase de candidaturas.


Joana Antoninho é mestre em Publicidade e Marketing.
Fotografia gentilmente cedida por Joana Antoninho

Joana Antoninho iniciou o seu percurso académico com uma licenciatura em Ciências da Comunicação. Se, primeiro, estava focada em Jornalismo, mais tarde, uma disciplina de Publicidade e Relações Públicas fez com que se apaixonasse pela comunicação de marcas. “Percebi que era nessa área que gostaria de trabalhar”, conta. Por isso, na altura de escolher um mestrado, optou por Publicidade e Marketing (PM). “Acabei por dar ouvidos às recomendações feitas por pessoas conhecidas que já tinham tido algum contacto com a Escola. É inegável que a ESCS e, em particular, este curso gozam de uma popularidade que nos dá segurança para arriscar”, refere. Atualmente, a antiga estudante é Creative Estrategist e Copywriter, na agência de brand entertainment NERVO.

A escsiana considera que o mestrado em PM apresenta “uma componente teórica capaz de abranger as áreas de criação da publicidade, da estratégia de marca e do marketing”. Por outro lado, a nível prático, é “bastante interessante para quem está a ter contacto, pela primeira vez, com muitas das temáticas que são abordadas”. Neste sentido, a experiência foi “bastante positiva”, na medida em que funcionou, também, como uma “alavanca” para o mercado de trabalho.

“Modelo de briefing criativo para campanhas de brand entertainment: Briefing Wall foi o título do relatório de estágio da mestre em PM. O projeto foi inspirado na técnica do mind mapping, com base nas características físicas, humanas e de trabalho da NERVO, onde Joana estagiou durante três meses. “Procurei criar um modelo que pudesse facilitar e organizar a criatividade, pois esta começa logo em quem recebe o briefing e o transmite aos criativos”, explica.

O desempenho no estágio curricular valeu, à escsiana, a oportunidade de integrar a equipa da agência onde trabalha atualmente. Para além disso, garante que, hoje em dia, aplica grande parte dos conteúdos do curso no seu quotidiano laboral. A antiga estudante aconselha o mestrado em PM “a quem vem de uma área complementar”. “Para quem tem poucas bases, como foi o meu caso, acaba por se revelar frutífero”, conclui. Joana Antoninho recebeu o Prémio Anual “Melhor Aluno Finalista”, referente ao ano letivo 2018/2019, por ter obtido uma média final de 18 valores. “A sensação é muito boa. Mais do que o título, é o reconhecimento de um período em que me esforcei e trabalhei muito para tirar o máximo proveito do que podia aprender”, confessa.


Conheça, aqui, outros testemunhos de mestres da ESCS.