Prémio Fundação Mário Soares distingue docente e ex-aluna da ESCS

Publicado: 30 outubro 2019

O Prof. Pedro Marques Gomes venceu a edição deste ano do Prémio Fundação Mário Soares. A ex-aluna Tânia dos Reis Alves recebeu a menção honrosa.

O Prémio Fundação Mário Soares deste ano foi atribuído à investigação Jornais, Jornalistas e Poder: A imprensa que nasce na Revolução e as lutas políticas de 1974, da autoria do Prof. Pedro Marques Gomes.
O trabalho académico agora distinguido, que se debruça sobre o papel dos órgãos de comunicação social no período de transição da ditadura para a democracia em Portugal, resultou da dissertação de doutoramento em História do docente da ESCS, orientada pela Prof.ª Maria Inácia Rezola.

Tânia dos Reis Alves, licenciada em Jornalismo pela Escola, recebeu uma menção honrosa, pela investigação 1961 – Sob o Viés da Imprensa. Os jornais portugueses, britânicos e franceses na conjuntura da eclosão da guerra no império português, resultante da dissertação de doutoramento em Sociologia.

O Prémio Fundação Mário Soares, que conta com o apoio da Fundação EDP, visa distinguir autores de dissertações académicas e de outros trabalhos de investigação que abordem a temática da História de Portugal do século XX.

Para mais informações, leia o comunicado da Fundação Mário Soares.