Marketeers da ESCS mostram o que valem

Publicado: 28 maio 2019

Duas equipas de estudantes da ESCS ficaram no pódio da fase final das Olimpíadas de Marketing 2019.

Terminou a terceira edição das Olimpíadas de Marketing, uma iniciativa do GAME (Grupo de Alunos de Marketing da ESCS), com o patrocínio da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) e o apoio do nAV e do programa Imagens de Marca. Na fase final da maior competição de Marketing entre instituições de Ensino Superior portuguesas, duas equipas da ESCS conquistaram lugares no pódio. Inês Dias e Laura Pereira ficaram em primeiro lugar, e Flávio Silva, João Pereira e Tiago Balas em terceiro. Os estudantes, que frequentam o 3.º ano do curso de licenciatura em Publicidade e Marketing, receberam, respetivamente, o prémio monetário de 1.500€ e 200€.

As equipas escsianas Prisma (Laura Pereira e Inês Dias) e Hat-Trick (Tiago Balas, João Pereira e Flávio Silva) ocuparam, respetivamente, o primeiro e o terceiro lugar do pódio das Olimpíadas de Marketing 2019.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Etapas

As Olimpíadas de Marketing dividiram-se em três fases. Na primeira, as empresas parceiras da competição atribuíram briefings às instituições de Ensino Superior com equipas a concurso. Os grupos apurados nesta eliminatória tiveram a oportunidade de assistir a formações e ter mentoria com profissionais da área, de forma a prepararem-se para o desafio final.

A última fase da competição aconteceu no Sheraton Lisboa Hotel & Spa, no passado dia 24 de março. As equipas – oriundas da ESCS, do IADE, do ISCEM, do ISCTE e da Universidade Lusófona de Lisboa – tiveram duas semanas para desenvolver uma estratégia de comunicação, com o objetivo de captar um target mais jovem para o bar e para o restaurante do hotel. As propostas foram apresentadas, em pitchs de cinco minutos, a um júri composto por representantes do GAME, da SCML e do Sheraton Lisboa Hotel & Spa. As equipas Prisma e Hat-Trick, da ESCS, partilharam o pódio com um grupo de estudantes do ISCEM, Os 5 Marketeers, que conquistou o segundo lugar da competição.

As equipas tiveram cinco minutos para apresentar os projetos ao júri do concurso.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Marketing de Influência

O evento final das Olimpíadas de Marketing contou, ainda, com um debate acerca do Marketing de Influência. As influencers Carolina Santiago (licenciada em Jornalismo, pela ESCS) e Adri da Silva, e o Executive Managing Director da SOWEARE, Pedro Marrucho, participaram na conversa, moderada por Gonçalo Taborda, estudante de Jornalismo da Escola.

Da esq. para a dir.: Adri da Silva, Gonçalo Taborda, Carolina Santiago e Pedro Marrucho.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Pedro Marrucho referiu que o meio dos influenciadores digitais “é um mercado novo”, em que as marcas escolhem os seus representantes com base na “identidade” das figuras e no retorno que estas podem trazer. “Marketing de Influência são resultados. Os seguidores não interessam, se não houver impacto”, afirmou. Por seu lado, Adri da Silva contou que utiliza o Instagram como “uma ferramenta de trabalho”, desde o momento em que a quantidade de seguidores da sua página começou a atrair a atenção das empresas. Foi a partir daí que começou a “ter mais cuidado” com as publicações e a apostar em “conteúdos com melhor qualidade”. Já Carolina Santiago defendeu que as pessoas que trabalham neste meio “têm de ser honestas” com as marcas, com os seus seguidores e consigo mesmas. “Nunca quis mudar o que sou, independentemente do dinheiro que ia receber”, referiu. No rescaldo da conversa, Pedro Marrucho defendeu, ainda, que o futuro do Marketing de Influência passa pela aposta das empresas em ajudar os influenciadores a terem as suas próprias linhas de mershandising. 


Confira, também, a reportagem do Imagens de Marca sobre as Olimpíadas de Marketing 2019.