ESCS participa em campanha internacional contra o ódio

Publicado: 27 outubro 2020

A Escola, representada pela secção de Relações Públicas e Comunicação Organizacional, é parceira da Team Harmony Foundation, que acaba de lançar a campanha “ÓDIO: O que é que TU vais FAZER?”.

A ESCS, em parceria com a Emerson College, de Boston, aliou-se à Team Harmony Foundation, uma organização internacional que tem como missão educar, inspirar e envolver os jovens na luta contra o ódio.
Ana Carolina Martins, Ana Margarida Patinho, Constança Silva e Hugo Andrade, estudantes finalistas do curso de licenciatura em Relações Públicas e Comunicação Empresarial (RPCE), integram o Conselho Internacional de Jovens daquela organização. A equipa está a planear uma série de iniciativas, que serão implementadas este ano letivo, incluídas na campanha global “ÓDIO: O que é que TU vais FAZER?” (“HATE: What are YOU going to DO?”). Os escsianos são orientados pelos professores Mafalda Eiró-Gomes, Mariana Pereira e Diogo Bernardo, docentes da secção de Relações Públicas e Comunicação Organizacional.

A equipa portuguesa que faz parte do Conselho Internacional de Jovens da Team Harmony Foundation é constituída por quatro estudantes de RPCE.
Imagem gentilmente cedida pela equipa portuguesa da Team Harmony Foundation

Iniciativas

No âmbito das atividades que estão a ser desenvolvidas, destaca-se a série online “ÓDIO: O que é que TU vais FAZER?”, que pretende explorar o conceito de ódio em todas as suas formas, destacando atividades estudantis que promovam a tolerância e a inclusão e que discutam formas de combate ao racismo e preconceito nas comunidades. As emissões contam, ainda, com reportagens e entrevistas a líderes políticos e civis. A série tem um total de seis episódios mensais de 45 minutos cada um, que são transmitidos em direto, no YouTube da organização. O primeiro episódio foi para o ar no passado dia 20 de outubro.

A série, de seis episódios mensais, estreou no passado dia 20 de outubro.
Imagem gentilmente cedida pela equipa portuguesa da Team Harmony Foundation

Para além da série, a campanha contempla outras iniciativas: comunicação nas redes sociais, a disponibilização de um toolkit para jovens ativistas e a criação do Instituto Virtual para o Ativismo, do qual a ESCS faz parte.

Em Portugal, os estudantes de RPCE criaram um site e páginas de Facebook, Twitter e Instagram, que alimentam, regularmente, com informação em português associada ao projeto internacional. É de salientar que o trabalho desenvolvido pelos escsianos na língua lusitana permitiu que a iniciativa chegasse a Angola, trazendo para a equipa que fala português dois jovens angolanos.


Assista ao primeiro episódio de “ÓDIO: O que é que TU vais FAZER?”.

O feedback dos estudantes

[O projeto] está a ajudar-me não só a perceber melhor a área do digital, mas, acima de tudo, a compreender que a nossa geração não pára para olhar para o outro e não guarda para si opiniões maliciosas que podem magoar o próximo e é isso que queremos combater. Além disso, este projeto tem-me mostrado que todos temos mais-valias e que temos de aprender a trabalhar com pessoas diferentes. Pontos de vista diferentes levam a ideias incríveis.

Ana Carolina Martins

[A iniciativa] está a servir para alargar os nossos horizontes, ao mesmo tempo que nos permite entender mais aquilo que estamos a defender: o direito a ser diferente.

 Ana Margarida Patinho

É o tipo de projeto que, para além de nos fazer evoluir a nível académico e profissional, nos preenche a nível pessoal.

Constança Silva

Estou muito satisfeito e entusiasmado por participar neste projeto que me permite não só ter uma visão diferente de trabalho em equipa, mas, também, perceber um bocadinho da logística por trás de uma campanha internacional e adquirir experiência nesse sentido. Campanha esta que tem um objetivo muito nobre e que tem o potencial de atingir muitos jovens e mudar comportamentos.

Hugo Andrade