Disciplina

O trabalho jornalístico no terreno

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM JORNALISMO SOBRE O MÉDIO ORIENTE E O NORTE DE ÁFRICA

1. Como encontrar histórias e ângulos jornalísticos. Histórias com interesse global e histórias com valor próprio. Os “grandes acontecimentos” ou a “pequena história”? Locais de observação privilegiada: os hospitais, os campos de refugiados.

2. Aspectos logísticos: equipamentos e comunicações. Vistos, acreditações, autorizações. Tradutores, fixers, guias, condutores. A colaboração entre jornalistas.

3. Relação com as fontes: fontes oficiais, fontes da sociedade civil, universidades, líderes de opinião, artistas. Técnicas de imersão em contextos culturais diferentes ou hostis. Protecção de fontes em contextos ditatoriais ou autoritários.

4. Desafios específicos: avaliação de risco. Como abordar o tema da Mulher no Médio Oriente. A “rua árabe”: rumores, teorias da conspiração, “pensamento mágico”, parcialidade, manipulação. Os agentes de desinformação: espiões, ativistas, provocadores, “Junkies” da violência.

5. Casos práticos: convidados.

 

PROFESSOR RESPONSÁVEL:

A disponibilizar, brevemente.

PROFESSOR(ES) QUE LECIONA(M):

A disponibilizar, brevemente.