Informação Académica

Estudante Internacional

Atualizado: 25/07/2017

Estudante Internacional — Ano Letivo 2017/2018


Publicado: 25/07/2017

Já se encontra disponível, para consulta, a Pauta dos Resultados Finais.
Consulte o documento, aqui.


Publicado: 19/07/2017

Já se encontra disponível, para consulta, a Pauta dos Resultados da Prova.
Consulte o documento, aqui.


Publicado: 16/06/2017

Já se encontra disponível, para consulta, a Pauta dos Candidatos Admitidos à Prova.
Consulte o documento, aqui.


Publicado: 31/05/2017

prova de ingresso realiza-se no dia 4 de julho, às 10h, na sala 2P6.


O Estatuto do Estudante Internacional estabelece que são por ele abrangidos todos os estudantes que não tenham nacionalidade portuguesa, com exceção:

• Os nacionais de um Estado membro da União Europeia;
• Os que, não sendo nacionais de um Estado membro da União Europeia, residam legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 31 de agosto do ano em que pretendem ingressar no ensino superior, bem como os filhos que com eles residam legalmente;
• Os que requeiram o ingresso no ensino superior através dos regimes especiais de acesso e ingresso;
• Os estudantes estrangeiros que se encontrem a frequentar uma instituição de ensino superior portuguesa no âmbito de um programa de mobilidade internacional para a realização de parte de um ciclo de estudos de uma instituição de ensino superior estrangeira com quem a instituição portuguesa tenha estabelecido acordo de intercâmbio com esse objetivo.

Podem candidatar-se à matrícula e inscrição nos ciclos de estudos de licenciatura os estudantes internacionais:
• Os titulares de um diploma do ensino secundário português;
• Os titulares de um diploma de habilitação legalmente equivalente ao ensino secundário português. A equivalência de habilitação deve ser atribuída por uma escola secundária ou pelos serviços competentes do Ministério da Educação, conforme o disposto no Decreto-Lei n.º 227/2005, de 28 de dezembro;
• Os titulares de uma qualificação que dê acesso ao ensino superior, entendida como qualquer diploma ou certificado emitido por uma autoridade competente que ateste a aprovação num programa de ensino e lhes confira o direito de se candidatar e poder ingressar no ensino superior no país em que foi conferido. A validação desta titularidade deve ser emitida pela entidade competente do país em que a qualificação foi obtida.

Apenas são admitidos a este concurso especial os estudantes internacionais que, cumulativamente:
• Tenham qualificação académica específica nas áreas do saber requeridas para o ciclo de estudos a que se candidatam;
• Tenham um nível de conhecimentos da língua portuguesa ou outra língua em que o ensino venha a ser ministrado (utilizador independente da língua portuguesa, correspondente ao nível B2, de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas – QECRL);
• Satisfaçam os pré-requisitos fixados para o ciclo de estudos em causa no âmbito do regime geral de acesso e ingresso no ensino superior.

Candidaturas (presencial ou por correio)

Os candidatos deverão proceder à candidatura presencialmente nos Serviços Académicos da ESCS, no período de 8 a 31 de maio, durante o horário de funcionamento deste serviço.

Em alternativa, os candidatos poderão enviar a documentação, bem como o comprovativo de pagamento*, através de CTT para a seguinte morada:

Serviços Académicos (Estudante Internacional)
Campus de Benfica do IPL
1549-014 Lisboa

*ATENÇÃO: Juntar fotocópia do comprovativo de pagamento ao processo de candidatura. Caso contrário, a candidatura não será válida.

Emolumentos

Candidatura*: 102,50€

O pagamento do emolumento poderá ser efetuado presencialmente na Tesouraria da ESCS ou por transferência bancária para o seguinte NIB:
0781 0112 00000006672 37

IBAN: PT50 0781 0112 00000006672 37
SWIFT: IGCPPTPL

NOTA: O pagamento efetuado não é reembolsável.

Documentação a apresentar na candidatura

• Passaporte ou Documento de Identidade Estrangeiro;
• Declaração, sob compromisso de honra, de que o candidato não tem nacionalidade portuguesa nem está abrangido por nenhuma das condições elencadas nas alíneas do n.º 2 do artigo 2.º (ver Despacho 9837/2014);
• Documento comprovativo da conclusão do ensino secundário português ou equivalente;
• Documento comprovativo de que a qualificação académica faculta, no país em que foi obtida, o acesso ao ensino superior, devidamente validado pela entidade consular competente desse país, se a qualificação académica apresentada se enquadrar nos termos do disposto da alínea c) do artigo 3.º (ver Despacho 9837/2014);
• Diploma comprovativo de conhecimento da língua em que o ensino vai ser ministrado correspondente ao nível B2 de acordo com o QECRL ou declaração emitida se forem frequentar o curso de português língua estrangeira.

NOTA: Os documentos devem ser traduzidos sempre que não forem emitidos em português, inglês, francês ou espanhol, e autenticados pelo serviço consular ou apresentados com a Apostilha de Haia pela autoridade competente do Estado de onde é originário o documento.

Vagas

Audiovisual e Multimédia: 6
Jornalismo: 6
Publicidade e Marketing (diurno): 6
Relações e Públicas e Comunicação Empresarial (diurno): 6

Provas

• Audiovisual e Multimédia: Português ou Geometria Descritiva ou História da Cultura e das Artes
• Jornalismo: Português ou Geografia ou História
• Publicidade e Marketing: Português ou Matemática ou História
• Relações Públicas e Comunicação Empresarial: Português ou Matemática ou História

Propina

Valor: 2.800,00€
Inscrição: 40,00€
Seguro Escolar: 1,25€

Calendário

Candidaturas: 8 a 31 de maio
Divulgação da lista provisória de candidatos admitidos: 16 de junho
Reclamações: 19 e 20 de junho
Realização dos exames (na Escola): 4 e 5 de julho
Divulgação dos resultados dos exames: 19 de julho
Consulta dos exames realizados: 20 de julho
Reclamações: 20 e 21 de julho
Divulgação da lista final dos candidatos admitidos: 25 de julho
Matrículas: 11 a 15 de setembro