ESCS foi anfitriã do GlobCom

Publicado: 20 agosto 2019

150 participantes de todo o mundo reuniram-se na ESCS, a propósito da edição deste ano do projeto GlobCom.

A ESCS acolheu, entre 29 de maio e 1 de junho, a 17.ª edição do GlobCom, a maior iniciativa académica internacional na área das Relações Públicas e da Comunicação Estratégica.
Durante quatro dias, a Escola, a única representante nacional do projeto de Comunicação Global, foi a casa de um grupo de 97 estudantes e 22 professores oriundos de 15 instituições de ensino de 15 países. Os participantes internacionais juntaram-se à comitiva portuguesa, composta por 17 alunos do curso de licenciatura em Relações Públicas e Comunicação Empresarial (RPCE).
No papel de anfitriã, coube à ESCS organizar o simpósio, contando, para tal, com o contributo dos docentes Ana Raposo, Mafalda Eiró-Gomes e Nuno da Silva Jorge e de uma Welcome Team constituída por cinco finalistas de RPCE (Daniela Sousa, Lourenço Meirelles, Maria Gonçalves, Marta Santos e Tiago Barbosa).

A 17.ª edição do GlobCom reuniu, em Lisboa, 150 participantes de todo o mundo.
Fotografia gentilmente cedida pela organização do GlobCom 2019.

Dez meses antes…

O cliente do GlobCom 2019 foi a Wellness World USA.

Até ao apito final, que culmina com o anúncio da equipa vencedora, o GlobCom trilha um longo caminho. Com dez meses de antecedência, os estudantes dos 16 países são integrados em equipas virtuais. Durante esta jornada, que, este ano, contou com a participação de 22 estudantes de RPCE, os grupos trabalham através de plataformas e ferramentas online (desde o e-mail ao Skype, passando pelos social media). O objetivo visa desenvolver uma proposta que responda a um mesmo briefing de um cliente. Em 2019, o desafio do projeto internacional foi lançado pela Wellness Word USA, uma plataforma de cuidados pessoais que lançou a app SELFCARESQUARED.

And the winner is

Finda a colaboração online, os estudantes encontraram-se na ESCS para a competição final. Este ano, procurou-se, o mais possível, aproximar os alunos da realidade profissional global. Para isso, as equipas assumiram o papel de agências de Relações Públicas internacionais e fizeram um pitch perante o cliente.
No primeiro dia de trabalho, as nove equipas estiveram reunidas em sessões de mentoring, com profissionais de agências de comunicação portuguesas, a preparar as apresentações das propostas, até então, desenvolvidas à distância. Na sequência desta dinâmica, foram apuradas as três equipas finalistas.

As equipas participaram em sessões de mentoring, nas quais preparam as apresentações das suas propostas ao cliente.
Fotografia gentilmente cedida pela organização do GlobCom 2019.

O dia da grande final arrancou com uma conferência dedicada ao tema “Communication as Understanding”, cujas intervenções procuraram refletir sobre a responsabilidade do papel dos profissionais de Comunicação para a construção de um mundo melhor.
O Auditório Vítor Macieira foi, também, o palco do último momento do simpósio, no qual as três equipas finalistas tiveram a derradeira oportunidade para convencer o júri da competição. Por fim, a Equipa 1 foi anunciada como a grande vencedora da edição deste ano do GlobCom, da qual faziam parte as escsianas Beatriz Luís e Catarina Teles.

À esq.: Conferência “Communication as Understanding”. À dir.: Equipa vencedora do GlobCom 2019.
Fotografia gentilmente cedida pela organização do GlobCom 2019.